Cripto Exchange Seed CX lança uma solução de carteira on-chain para investidores institucionais

A Cripto Exchange Seed CX – uma plataforma licenciada baseada em Chicago que visa clientes institucionais – lançou uma solução de carteira de ativos digitais com liquidação on-chain, de acordo com um comunicado publicado em 10 de janeiro.

A Seed CX já desenvolveu a nova solução de carteira junto com sua subsidiária de liquidação, a Zero Hash – um custodiante de criptomoedas e moeda fiduciária que fornece serviços de liquidação on-chain. Zero Hash supostamente tem aprovação regulamentar da FinCEN’s para operar como um transmissor de dinheiro em 25 estados americanos, e também está sob revisão para uma possível BitLicense do Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York (NYDFS).

Como o comunicado à imprensa descreve, os usuários da plataforma Seed CX receberão, cada um, uma carteira única e segregada, que a empresa argumenta ser mais segura do que as soluções existentes de carteira omnibus e multiusuário oferecidas por outras exchanges. O Seed CX argumenta que a dispersão de acervos de ativos digitais em várias carteiras exclusivas ajuda a reduzir o risco de os agentes de ameaças acessarem ativos em conjunto por meio de um único vetor de ataque.

Para fornecer um nível mais alto de anonimato para sua solução on-chain, o Zero Hash também gerará novos endereços de carteira para cada usuário sempre que ocorrerem transferências entre carteiras, tornando os movimentos associados a uma única carteira menos visível para outros participantes do mercado.

Outras salvaguardas operacionais incluirão a restrição de acesso para retirada de ativos ao usuário ou um assinante de delegado autorizado, funcionalidade de endereço na lista de permissões para determinar carteiras de destino pré-aprovadas e segurança de assinaturas múltiplas.

O comunicado à imprensa critica os inadequados protocolos de segurança que considera serem comuns entre as exchanges, assim como a visibilidade limitada que os investidores recebem com soluções de carteira fora da cadeia.

Como publicado anteriormente, 31 cripto exchanges foram hackeadas nos últimos oito anos, com cerca de US $ 1,3 bilhão roubadas.

Como a Cointelegraph reportou em setembro, a Seed CX é apoiada pela empresa de investimentos alternativos Bain Capital Ventures, sediada em Boston, que liderou uma rodada de financiamento de US $ 15 milhões para a bolsa. A plataforma está licenciada para oferecer tanto derivativos regulados pelo mercado à vista quanto pela US Commodities and Futures Trading Commission (CFTC), o último para o qual supostamente planeja oferecer um mercado separado no futuro.

Com o Seed CX visando clientes institucionais com sua nova solução, o mercado de carteiras focadas no varejo tem visto vários desenvolvimentos recentes. A gigante sul-coreana de eletrônicos Samsungpediu uma marca registrada relacionada à criptomoedas no Reino Unido em dezembro, enquanto a firma de carteira de hardware Ledgerlançou uma carteira baseada em Bluetooth no início deste mês.

Seja o primeiro a compartilhar entre seus amigos

Leia Também

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of